/, webdesign/Quanto custa um site

Quanto custa um site

2019-04-08T13:44:37+00:00

Fabio Oliveira

Expert Agile Project Manager and product owner with deep knowledge and experience in Agilemethodologies, applied to deliver high quality, timely and under budget products.

Por que os sites variam tanto de preço? Por que algumas empresas cobram R$30,00, outras cobram R$300,00, outras R$3.000,00 e outras R$30.000,00 em um site com a mesma quantidade de páginas e supostamente  igual? Na verdade, esses sites não são iguais, existem mudanças significativas que fazem com que, muitas vezes, um site de R$30.000,00 fique mais barato no médio prazo do que um site de 30,00.

O ditado diz que o barato sai caro, e  muitas vezes é o que ocorre com a criação de sites. Diversas vezes, criar um site pode ser algo frustrante… a agência que promete o que não cumpre, ou é a expectativa que está muito além das possibilidades reais.

Quanto eu vou investir para ter um site de qualidade?

A primeira pergunta que você deve se fazer é: você deseja fazer o site você mesmo ou deseja contratar um profissional ou empresa para criar o site? Recomendamos fortemente que escolha a segunda opção. Pode ser tentador usar plataformas como o Wix que permitem que você próprio crie e publique sites mas, na prática, o seu site será amador. Nesse artigo, citamos 7 motivos para você fugir do Wix.

Hoje, a internet é uma forma de fazer negócio que não pode ser colocada em segundo plano e a sua empresa precisa ter presença digital. Pensando nisso, vamos ajudar você a entender os custos e benefícios envolvidos na criação de um site profissional que vai alavancar suas vendas.

Escolhi uma agência ou profissional. Quanto vai custar o site?

O valor do site vai depender do nível de personalização que você deseja, porque essa variável impacta na quantidade de horas empregadas para criação de seu site, e ainda da qualidade do profissional que você contrata, já que o nível do profissional impacta no valor de sua hora de trabalho. Considerando que o salário de um profissional pleno (com média expertise) gira em torno de R$4.000,00 (Fonte), e supondo que seu site leve 150 horas para ficar pronto, o custo de um site poderá ser indicado abaixo:

Atividade Valor
Custo do profissional (salario + encargos + benefícios) proporcional a 150 horas. Valor/hora/homem R$50,00 R$5.965,00
Impostos(15%) R$1.073,00
Lucro (20%) R$1.193,00
Total R$8.231,00

Considerando um site relativamente pequeno, trabalhando com um profissional de ponta, o investimento pode girar em torno de R$8.000,00. Como dito anteriormente, esse valor estará totalmente vinculado à quantidade de horas e ao nível do profissional contratado. Esse valor pode ser muito acima, dependendo das características do site e de sua complexidade, pois esta irá aumentar a quantidade de horas empregada.

Não tenho muito dinheiro para investir, ainda posso ter um site profissional?

A resposta direta é sim, se você não dispõe de muito dinheiro, mas ainda assim deseja um site profissional, você pode contratar um profissional que use templates pré-definidos. Esses templates são como moldes que geram sites sempre num mesmo layout, mas variando logo, imagens, textos, cores e fontes. Isso permite a contratação de somente um profissional de artes, alguém com habilidade em imagens, e não um profissional de desenvolvimento front (que seria mais caro).

Uma dúvida vem imediatamente à mente de quem contrata esse tipo de site: “Será que vão perceber que meu site foi feito a partir de um template?”. A resposta é: “Não!”. Mesmo olhos treinados de designers, raramente perceberão que esse site foi feito a partir de um template, considerando que todas as características visuais serão alteradas. Nesse caso, o investimento diminui muito, porque a mesmo molde será usado inúmeras vezes, mas variando todas as características visuais. Um site desse tipo pode custar entre R$800,00 e R$2.500,00 reais.

A tecnologia usada na criação de um site impacta no preço?

A escalabilidade desejada para o site pode impactar na tecnologia. Se você espera ter mais de 1 milhão de  acessos por dia, isso certamente te levará a tecnologias muito específicas e profissionais muito mais caros. Só para demonstrar um aspecto do problema, para um site complexo e com esse nível de acesso, a busca deverá usar Solr  ou Amazon Elastic Search o que fará o seu valor investimento entrar em outra dimensão, chegando a custar alguns milhões de reais.

Voltando para o universo de pequenas e médias empresas, para estas o ponto mais importante é a manutenção do site. Você pode optar por utilizar uma tecnologia de CMS, como por exemplo o WordPress, que possibilitará a você mesmo dar manutenção no futuro, mas seu site será provavelmente mais lento, oque fará com que você apareça em outras posições do Google. Assim, a tecnologia pode ter um impacto direto no custo de manutenção.

Conclusão

Desconfie de agências,  empresas e profissionais que prometem mundos e fundos na criação do site. Se o seu nível de investimento é baixo, tente utilizar um profissional que conheça os conceitos importantes como SEO / Inbound marketing, mas que utilizará templates pré-definidos que tornarão o desenvolvimento mais barato. Utilizar os CMS pode ser um caminho, principalmente quando você não deseja ter um custo de manutenção.  Nesse outro artigo, tratamos de alguns aspectos formais com os quais você deve se preocupar no momento de decidir quem desenvolverá seu site.